Escolha uma Página

A principal característica que define uma bicicleta elétrica, é o veículo possuir um motor que funcione à base de eletricidade e auxilie o ciclista na pedalada. Esses motores têm diferentes potências, podendo servir como um simples facilitador na pedalada em uma subida, por exemplo, ou até mesmo possuir acelerador e eliminar completamente a necessidade de esforço do usuário.

A bicicleta elétrica se diferencia da motocicleta por manter a habilidade de ser pedalada.

Outro fator de diferença é a velocidade alcançada, com a motocicleta tradicional atingindo uma velocidade máxima muito mais alta do que a bicicleta elétrica.

A bicicleta elétrica está cada vez mais popular

A bike elétrica vem gradativamente conquistando mais espaço no mercado e no cotidiano brasileiro. Estima-se que, em 2016, só no brasil, aproximadamente 10 mil bicicletas elétricas foram vendidasNo mesmo ano a estimativa é de que 210 milhões de unidades do veículo estavam sendo utilizadas diariamente ao redor do mundo.

Sua combinação de menos esforço na pedalada com mais velocidade no transporte faz com que a e-bike, como também é conhecida, seja um meio de transporte extremamente versátil, oferecendo grande conveniência em questão de deslocamento no dia a dia.

Outra vantagem das elétricas é que, diferentemente das motocicletas, elas não emitem dióxido de carbono por não dependerem da queima de combustíveis fósseis, o que as torna uma opção muito mais ecologicamente sustentável para quem busca um meio de transporte motorizado.

É preciso estar de olho nas leis de trânsito

Uma coisa a se levar em consideração para quem pretende adquirir e utilizar uma bicicleta elétrica é que, diferente do que muitas pessoas podem pensar, existem legislação e regras específicas para esse tipo de veículo, inclusive no Brasil.

Por aqui, operar o veículo não requer documentação ou treinamento prévio, entretanto, o CONTRAN enquadra a bicicleta elétrica na categoria de ciclomotor, de forma que os modelos mais potentes, e consequentemente mais rápidos, não podem ser utilizados em ciclovias.

Por se tratar de um meio de transporte relativamente novo no Brasil, as regras de trânsito aplicadas à bicicleta elétrica nem sempre são respeitadas e nem sempre são fiscalizadas da forma devida. Mas é importante que o ciclista esteja sempre atento a obedecer as leis de trânsito, respeitando a sua segurança e a de pedestres, motoristas e outros ciclistas.

Uber de bicicleta?

No exterior, a e-bike é a aposta da empresa JUMP, que foi adquirida pela Uber em 2018, para o futuro da micromobilidade.

A micromobilidade é um termo que ultimamente tem grande relevância na discussão do excesso de carros nas ruas e logística urbana. O conceito é caracterizado por veículos super compactos e de uso individual, como bicicletas e scooters elétricas. É nessa linha de pensamento que surge a JUMP, prometendo revolucionar a forma como nos deslocamos pela cidade.

Em essência, o sistema da jump é similar ao Uber, porém em uma escala individual e de autosserviço. A empresa possui uma frota de bicicletas elétricas espalhadas pela cidade. O usuário acessa o aplicativo, encontra a bike mais próxima, destrava ela pelo próprio dispositivo móvel, e sai andando. Ao fim da viagem, o ciclista estaciona a bicicleta em um local adequado e trava ela novamente para ser utilizada pela próxima pessoa. Empresas que oferecem serviços similares já vêm operando há algum tempo, como a chinesa Ofo, a americana Lime e até mesmo a brasileira Yellow.

A JUMP já vem operando em países como Estados Unidos, Canadá e Alemanha e; segundo Ryan Rzepecki, fundador da empresa; as bikes elétricas compartilhadas devem chegar ao Brasil em 2019, tendo como um dos primeiros locais de implementação a cidade de São Paulo.

As melhores roupas para seu pedal

Os produtos Free Force foram feitos para você, que quer se vestir de forma confortável e funcional para pedalar sem deixar o estilo de lado

Bicicleta tradicional ou elétrica?

A bike elétrica possui muitas vantagens quando a questão é conveniência no transporte, sendo um facilitador no cotidiano e uma boa opção para passeios, mas isso não significa que as bicicletas tradicionais vão perder espaço ou deixar de existir. Além de serem, ainda, a melhor opção para exercícios, sempre haverão entusiastas do pedal tradicional.

Para fazer uma analogia simples, pense na e-bike como músicas para download e na bicicleta tradicional como os discos de vinil. Um é uma versão mais rápida e de mais fácil utilização do que a outra, mas a original sempre terá seu espaço e seu charme.

Seja qual for sua vertente, o pedal tradicional ou o moderno, o importante é estar sempre pedalando com estilo. E estilo nossas roupas e acessórios têm de sobra, além, é claro, da qualidade e durabilidade.

Acesse nossa loja virtual e conheça toda a nossa linha de produtos para entusiastas da bicicleta.